Robótica Educacional e a Cultura Maker nas escolas

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é IMG_8613-1.jpg

Como escapar do modelo altamente centrado na teoria que temos hoje em dia e capturar o interesse do aluno? Essa é uma pergunta que deve deixar você, professor(a) ou diretor(a), de cabelos em pé, dado o desinteresse crescente dos alunos nos conteúdos ensinados e na dificuldade destes em achar usos aplicáveis para o conhecimento aprendido em sala de aula. A resposta a essa questão pode estar na Cultura Maker aplicada à Robótica Educacional.

Afinal, o que é Cultura Maker?

A Cultura ou Movimento Maker é uma extensão mais tecnológica e técnica do movimento DIY- Do It Yourself (Faça você mesmo), que consiste em estimular pessoas comuns a construir, consertar, fabricar ou modificar com suas próprias mãos, itens de sua necessidade ao invés de simplesmente adquiri-los prontos.

Esse tipo de cultura existe há décadas e foi responsável pela criação e evolução de indústrias inteiras como a indústria de computadores pessoais (PC), que teve suas origens no Homebrew Computer Club ou Clube dos Computadores Caseiros. Foi no Homebrew Computer Club que Steve Jobs e Steve Wozniak apresentaram pela primeira vez o Apple I.

O objetivo da Cultura Maker na educação é introduzir o aluno na prática, sendo uma adaptação da ideia do “faça você mesmo”, porém voltada para o ensino. Sabemos que os estudantes aprendem ainda mais quando aplicam o que a teoria diz, então é de suma importância que busquemos diminuir cada vez mais a distância entre a teoria e a prática.

O sucesso dessa metodologia vem transformando o Movimento Maker em uma tendência forte na educação, o que aponta para a necessidade de compreendermos como esse movimento funciona e como aplicá-lo em sala de aula.

robotica-educacional

Cultura Maker  e Robótica Educacional: a nova tendência


Uma das formas mais efetivas de se traduzir o Movimento Maker em algo concreto é por meio da Robótica Educacional. Nesse momento, você aí deve estar se perguntando quais os benefícios da robótica na escola. Para responder a essa pergunta, trazemos uma citação de Leandro Augusto Domingues Alves, Diretor da Wood Robotics. Segundo ele, “A robótica estimula o aprendizado investigativo por meio da prática, trabalhando os conteúdos de diversas disciplinas durante a construção dos robôs. A teoria e prática se alternam e se fortalecem gerando nos alunos a vontade de aprender sem medo de errar, pois exploram os conteúdos de forma divertida. As crianças desenvolvem a coordenação motora fina, a lógica, as emoções, o intuitivo, a criação, as relações em grupo e o espírito de liderança.” Dessa forma, a Robótica Educacional surge como uma nova tendência que promete revolucionar a área da educação de forma divertida, prática e útil sem deixar de lado a disciplina e as responsabilidades.

Benefícios da Robótica Educacional

robotica-educacional

A robótica, como solução Maker para escolas, estimula o aprendizado investigativo por meio da prática, trabalhando os conteúdos de diversas disciplinas durante a construção dos robôs. Ela também desenvolve importantes habilidades e competências como o pensamento crítico, a criatividade, a empatia, a colaboração e a autonomia. Outro grande benefício dessa metodologia é formar alunos que sejam capazes de pensar “fora da caixinha” e buscar soluções criativas para problemas cotidianos, pois o Movimento Maker leva o estudante a questionar o que está aprendendo, possibilitando que o jovem teste e comprove o que aprende em sala de aula. Essas experiências treinam o cérebro para que a teoria faça mais sentido ao ser combinada à prática, facilitando assim o aprendizado. Sendo assim, iremos enumerar alguns benefícios da Robótica Educacional:

1 – Fomenta o pensamento crítico
2 – Aproxima a teoria da prática
3 – Promove o uso e a familiarização das tecnologias
4 – Atrai o interesse do estudante
5 – Leva o aluno a buscar soluções para problemas cotidianos de forma criativa

Com esses benefícios em mente, é fácil ver porque a Robótica Educacional vem se tornando uma tendência na educação.

(texto retirado do site Convexnet.com.br em 31/10/2020)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.